Notícias de Esportes última hora, futebol, seleção brasileira, times, vôley, basquete, natação, ciclismo, fórmula 1, stock car, fómula indy, box, corrida e caminhada e todo o que acontece no esporte no Brasil e internacional.

Demoliner avança nas duplas e salva dia dos brasileiros em Viena

0

O dia difícil para os duplistas brasileiros no ATP 500 de Viena, na Áustria, terminou ao menos com uma boa notícia para os tenistas do país. Após as eliminações de Marcelo Melo e de Bruno Soares, Marcelo Demoliner entrou em quadra ao lado do norte-americano Sam Querrey, nas quartas de final do torneio, para medir forças com os irmãos Bob e Mike Bryan, também dos Estados Unidos, e conseguiu vaga nas semis ao vencer duro jogo por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 3/6 e 10-8, em 1h06min de partida.

Entrando em quadra após a eliminação de seus compatriotas, Marcelo Demoliner iniciou o primeiro set de forma forte ao lado de Sam Querrey, tenista top 20 do mundo no simples, e conseguiu abrir vantagem. Com uma quebra de saque no quarto game, o brasileiro e o norte-americano foram efetivos em seus serviços e se sobressaíram diante dos irmãos Bryan, fechando a primeira parcial em 6/3.

Ao lado do polonês Lukasz Kubot, o brasileiro Marcelo Melo foi um dos eliminados nesta quinta (Foto: Divulgação)

No segundo set, porém, Mike e Bob Bryan mostraram seu entrosamento habitual e devolveram a quebra de saque também no quarto game. Perfeitos no serviço durante a parcial, os irmãos norte-americanos conseguiram fechar em 6/3 e forçarem o set de desempate.

No momento decisivo, Demoliner e Querrey conseguiram se sobressair ao conseguirem três minibreaks na parte final do set de desempate. Com isso, mesmo tendo o serviço interrompido em duas oportunidades, foram efetivos para fechar em 10-8 e avançarem para as semifinais.

Com a classificação, Demoliner e Querrey aguaram agora para saber quem serão seus adversários nas semifinais. O nome sairá do confronto entre os duplistas Santiago González, do México, e Julio Peralta, do Chile, contra o austríaco Oliver Marach e o crota Mate Pavic.

Quartas de final tem queda de dois brasileiros – Mais cedo, outros dois brasileiros entraram em quadra pelas quartas de final do torneio de duplas do ATP de Viena e caíram. Primeiramente, Marcelo Melo e seu parceiro Lukasz Kubot, de nacionalidade polonesa, entraram em quadra diante do uruguaio Pablo Cuevas e do indiano Rohan Bopanna e, apesar de saíram na frente, sofreram a virada e foram derrotados por 2 sets a 1, com parciais de 6/7(3-7). 6/4 e 10-8, em jogo com 1h42min de duração.

Marcelo Melo e Lukasz Kubot defendiam o bicampeonato do ATP 500 de Viena, já que foram os campeões nos anos de 2015 e 2016. No entanto, com a queda precoce, viram sua dinastia no torneio se encerrar.

Logo após a queda de Melo e Kubot, foi a vez de Bruno Soares e Jamie Murray entrarem em quadra diante do francês Lucas Pouille e do russo Karen Khachanov. O jogo teve cenário parecido, com o brasileiro e o britânico saindo na frente, mas tomando a virada e sendo derrotados por 2 sets a 1, com parciais de 2/6, 7/6(7-3) e 10-7, em duelo com 1h24min de duração.

 

Fonte: Tênis – GE

Comentários
Carregando...